Aula da saudade, a premiação que recebi descreve bem minha vida na faculdade.

"Aquele que sempre chegava na véspera das provas querendo saber qual conteúdo seria cobrado… Paulo!"

#engenharia #eq2013_2 #ufpe (at DEQ UFPE)

Os 7 Pilares do Aprendizado PDF Grátis

Imagine poder potencializar o seu cérebro para entender conteúdos que vão mudar a sua vida. Isso é o Aprendizado Acelerado, uma forma rápida, eficiente, e, sobretudo possível, de se aprender o que deseja.

APRENDA RÁPIDO
As técnicas do Aprendizado Acelerado garantem que você domine conteúdos com rapidez, sobrando tempo para se dedicar a outros assuntos, hobbies e à família, por exemplo.

MELHORE SUA MEMÓRIA
Os exercícios propostos pelo Aprendizado Acelerado fazem bem ao seu cérebro e a sua memória. Graças a nova frequência de estudos você terá uma melhor fixação no seu dia a dia. Aproveite!

MELHORE SUA MEMÓRIA
Os exercícios propostos pelo Aprendizado Acelerado fazem bem ao seu cérebro e a sua memória. Graças a nova frequência de estudos você terá uma melhor fixação no seu dia a dia. Aproveite!

DOWNLOAD pdf grátis - Link Aqui

1a corrida! Com a equipe e a paisagem de Recife é mais fácil #outono #running #manoladores #5km (at Rua da Aurora)

A galera é muito criativa para humor contextual, uau —

oipeaapurou:

PESQUISAS APONTAM QUE SEI LÁ CARA A GENTE TENTA PELO MENOS

One of those fucking, awful black days 
When nothing is pleasing and everything that happens 
Is an excuse for anger 
An outlet for emotions stockpiled, an arsenal, an armor 

These are the days when I hate the world 
Hate the rich, hate the happy 
Hate the complacent, the TV watchers 
Beer drinkers, the satisfied ones 

Because I know I can be all of those little hateful things 
And then I hate myself for realizing that 

calvinanddune:


You must remember that I have at my internal demand every expertise known to our history. This is the fund of energy I draw upon when I address the mentality of war. If you have not heard the moaning cries of the wounded and the dying, you do not know about war. I have heard those cries in such numbers that they haunt me. I have cried out myself in the aftermath of battle. I have suffered wounds in every epoch-wounds from fist and club and rock, from shell-studded limb and bronze sword, from the mace and the cannon, from arrows and lasguns and the silent smothering of atomic dust, from biological invasions which blacken the tongue and drown the lungs, from the swift gush of flame and the silent working of slow poisons… and more I will not recount! I have seen and felt them all. To those who dare ask why I behave as I do, I say: With my memories, I can do nothing else. I am not a coward. And once… I was human.

Put this song on repeat. Go ahead, trust me. (h/t @taylorcpearson)

Technology appeals to us where we are most vulnerable

"Technology appeals to us where we are most vulnerable. And we are vulnerable. We are lonely, but we are afraid of intimacy, while the social networks offer us three gratifying fantasies:

1. That we can put our attention whatever we want it to be.
2. That we will always be heard.
3. That we will never have to be alone.”

Leitura do momento: “Por que não aprendemos com a história?”

“Não sabendo cantar, nem jogar futebol, desconhecendo profundamente os segredos da advocacia, da quiromancia e da cardiologia, só me restaram dois caminhos: a literatura e o crime.”
— Antônio Prata (via eddantas)